PERGUNTAS E RESPOSTAS (atualizadas)

O Perfil da Turma deve ser registrado a cada bimestre ou apenas uma única vez por ano?

O perfil da turma é preenchido uma vez e atualizado caso haja necessidade.


Qual a lei ou resolução que diz que é obrigatório fazer o diário digital e o de papel?

Atualmente, está em vigor a Resolução SEE nº 2131 de 2012, que dispõe sobre a implantação do registro de dados nos diários de classe em sistema informatizado nas unidades escolares da Rede Estadual de Ensino de Minas Gerais. A Resolução que normatizará o uso do Diário Escolar Digital está sendo construída por esta SEE e será divulgada em breve. Conforme Orientação repassada para as SRE´s no Encontro do Censo Escolar, o registro no diário escolar digital dispensa o uso do diário físico.


Após fechar o bimestre, as notas são enviadas automaticamente para o SIMADE?

Sim. Entretanto, a rotina de atualização dos dados no SIMADE ocorre pela madrugada. Desta forma os migrados estarão disponíveis apenas no dia seguinte da solicitação de fechamento do bimestre.


Qual a função da ‘Troca de Programa Pedagógico’ no DED?

A troca do programa pedagógico no DED serve para visualizar se houve atualização dessa configuração no SIMADE. Ainda, essa função alerta o professor quanto à necessidade de possíveis ajustes nas informações registradas no Diário.


Quando o professor lança nota de recuperação as atividades não fecham e aparece uma mensagem dizendo que o valor está diferente do esperado para o bimestre. O que fazer?

O Diário foi configurado para utilizar a nota total do bimestre como valor da recuperação. Caso o valor total seja inferior ao valor do bimestre, o Diário não permitirá que o bimestre seja fechado.


Tento acessar o Diário Escolar Digital, mas aparece a mensagem ‘Usuário sem permissão’. Como resolver esse problema?

Para acessar o Diário Escolar Digital, é necessário que a Escola efetue o cadastro do servidor no SIMADE. O link para o cadastro da senha é enviado para o e-mail registrado pela escola no perfil do usuário.  Em caso de não recebimento deste e-mail, o servidor deverá entrar em contato com o Diretor (a) de sua unidade escolar, solicitando a correção de seus dados no Sistema. Após a correção dos dados, é necessário que o usuário simule a redefinição de sua senha através do SIMADE (www.simadeweb.educacao.mg.gov.br) clicando em 'Esqueci minha senha'. Deverá ser informado o CPF do usuário no caso de especialista ou professor e clicar em 'OK'. O Sistema enviará um e-mail para o endereço informado no cadastro e o usuário deve clicar no link contido neste e-mail. 

O link de acesso ao Diário Escolar Digital é: 

http://www.diarioescolardigital.educacao.mg.gov.br

Professores e Especialistas deverão utilizar como login o CPF enquanto Diretores e Secretários utilizarão o MASP.

No intuito de agilizar e conferir segurança aos atendimentos prestados aos usuários da ferramenta orientamos que os servidores utilizem o e-mail institucional. Novas contas deverão ser solicitadas pela escola ao NTE das Superintendências Regionais de Ensino (SRE).


Como recuperar minha senha de acesso ao Diário Escolar Digital?

Para recuperar a senha do Diário Escolar Digital, você deverá acessar o endereço http://www.simadeweb.educacao.mg.gov.br, clicar no link ‘Esqueci Minha Senha’, informar o Login de usuário (CPF para Professores e Especialistas e MASP para Secretários e Diretores de escola) e clicar no botão OK. Um link para alterar a senha será enviado para o e-mail cadastrado. Caso o e-mail apresentado na tela não seja o da V.Sa., favor clicar no botão ‘Não’ e entrar em contato com o Diretor (a) de sua unidade escolar, solicitando a correção do mesmo através do SIMADE. 


Tenho usuário para acesso o Diário Escolar Digital, mas quando tento registrar frequência ou atividades minhas turmas não aparecem. O que fazer?

Solicite à secretaria de sua unidade escolar que confira a associação de docentes e o Status da turma no SIMADE. No Diário Escolar Digital não será possível visualização de turmas encerradas.


Sou Professor e Especialista. Consigo acessar o Diário Escolar Digital?

Sim. Se exercer as duas funções na mesma unidade escolar, o cadastro de usuário deve ser realizado com o perfil Professor/Especialista. Caso atue em mais de uma escola, o cadastro do usuário será realizado por cada unidade escolar de acordo com a função, professor ou especialista. 


Onde baixo o aplicativo do Diário Escolar Digital?

Neste momento, a aplicativo está disponível para download através da Playstore, para dispositivos android, somente para o perfil Professor. Procure por Diário Escolar Digital MG e clique em instalar.


Onde está o consolidado de aproveitamento e frequência?

Por hora, é possível visualizar os consolidados de nota e frequência clicando sobre a foto ou nome do estudante.


Como devo preencher os Diários das turmas de Educação Integral, AEE, EJA Semipresencial, Telessalas e Ensino Médio Integral Integrado?

O Diário Escolar Digital não será utilizado, neste momento, para o registro de frequência e aproveitamento para as turmas de Sala de Recurso, Educação Integral, EJA Semipresencial (CESEC), turma do Projeto de Elevação da Escolaridade Metodologia Telessala Minas Gerais e turmas do Ensino Médio Integral Integrado. Esses registros deverão ser efetuados no Diário Físico.


A ordem em que os estudantes aparecem no Diário é diferente do SIMADE. Na migração dos dados isso pode gerar problema?

Não. No SIMADE, os estudantes registrados recebem um código de identificação único. Através desse código, os dados registrados no Diário Escolar Digital são transferidos para SIMADE, menu Avaliação e Frequência.


Trabalho com turma dos anos iniciais do ensino fundamental. O aproveitamento das atividades é registrado por conceito. Como fazer esse registro?

O professor que trabalha nos anos iniciais pode registrar todas as atividades avaliativas no Diário Escolar Digital, menu Atividades. Entretanto, a atividade que será enviada para o SIMADE é aquela configurada como ‘Conceito Final’. Essa configuração de atividade permitirá também o registro do ‘Parecer Descritivo’, importante informação para respaldar a avaliação do desempenho dos estudantes.


Quando fica sem docente contratado, mas a aula do aluno é dada, quem devemos informar na associação, Especialista, Diretor, Professor da biblioteca etc. Como está sendo feita pelas regionais?

Deve ser informado o profissional do pedagógico que ministrou a aula Especialista, Diretor, Professor da biblioteca ou outro Professor da escola pode associado.


Em relação à falta de associação do docente em algum período, existe a situação do professor eventual ter substituído o professor até a designação do substituto. Porém a orientação é que não podemos associar o professor eventual. O que fazer?

Deve ocorrer a associação do docente que ministrou as aulas até a designação do docente substituto para a turma.


Não tem lógica orientar sobre o DED sem ter acesso ao Sistema. Como acompanhar? É correto pedir a senha dos servidores da escola? O NTE explica/capacita sobre a seriedade das senhas e o servidor da SRE pede a senha. (Olha a incoerência). A escola mesmo com o hotsite não consegue aprender sozinha (muitas delas). Precisamos ter acesso (visualizar).

A orientação das escolas deve ocorrer utilizando o ambiente de homologação (http://homologasimade.prodemge.gov.br/diarioeletronico-frontend/). Não é correto pedir a senha dos servidores para uso do DED. Estamos trabalhando junto à PRODEMGE para a criação de perfis para os devidos acompanhamentos. 


Como proceder no SIMADE com alunos oriundos de outra rede de ensino que não têm registros de notas e frequências devido a matrícula ter sido efetuada no decorrer do ano letivo. Como e por quem serão feitos os lançamentos?

Esta é uma dúvida pedagógica. Orientar a escola a fazer o que o Inspetor responsável pela mesma orientar. O SIMADE permite o lançamento de notas de todos os bimestres já vivenciados na escola a qualquer momento, ou dispensar o aluno desses lançamentos (parecer 388/2003) a partir da matrícula. Os dados são informados no SIMADE pela secretaria da escola.


Alunos no DED que aparecem para alguns professores de uma turma e não aparecem na lista de outros professores da mesma. Ex: Turma 6º ano EF - AF aluno X, está na lista do professor de Mat/Port/Ed Física e não aparece para o professor de Arte/Ciências. O que fazer?

Já existe um chamado, nº 0118984, aberto junto à PRODEMGE para corrigir essa inconsistência. A escola deve aguardar.


Orientação quanto à disciplina de Educação Física nos anos iniciais. É individual? É grupo dia? Se é individual, como deve ser preenchido o campo quantidade de horas que computam 1 falta no grupo?

Se a turma do Ensino Fundamental – Anos Iniciais possui um professor específico para o componente curricular ‘Educação Física’ este deve ser informado como ‘Computa Carga Horária Individual’. Somente será informado ‘Computa Carga Horária Com Grupo (Dia) se for um ÚNICO docente para todos os componentes curriculares.

A quantidade de horas que computa uma falta é 4:00, a mesma carga horária da diária da turma nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Quando forem turmas do EJA anos iniciais, utilizar 2:00.


Em relação às turmas participantes do Projeto Telessala, o último e-mail que recebemos foi em 26/06 da Equipe SB Currículo Formação, dizendo que: “...destacamos que não é possível realizar no SIMADE o lançamento de notas e frequência dos estudantes do Projeto...” Esta instrução ainda está válida? Pois percebi que já existe a possibilidade de lançar estas notas e frequência no Avaliação/Frequência do SIMADE.

A informação permanece. NENHUM dado (avaliação e/ou frequência) deve ser informado no DED para os alunos participantes do Projeto Telessala. O módulo para atendimento do Projeto está pendente de finalização, contudo, os dados informados no DED não serão migrados para o SIMADE. Como já orientado em outras oportunidades e no Hotsite: O Diário Escolar Digital não será utilizado, neste momento, para o registro de frequência e aproveitamento para as turmas de Sala de Recurso, Educação Integral, EJA Semipresencial (CESEC), turma do Projeto de Elevação da Escolaridade Metodologia Telessala Minas Gerais e turmas do Ensino Médio Integral Integrado. Esses registros deverão ser efetuados no Diário Físico.


O aluno matriculado no Ensino Médio regular após conclusão da EJA no 1º semestre, e sem idade para prosseguir na EJA. Caso seja aprovado, como é o registro no Histórico Escolar? No mesmo ano concluiu o Ensino Fundamental em regime semestral e o 1º ano do Médio em regime anual?

Não há nenhum impedimento para impressão do Histórico Escolar. A escola poderá utilizar os modelos disponíveis no SIMADE que melhor adequem a realidade do aluno (inclusive imprimir a frente de um modelo e o verso de outro). 


Quando o bimestre é fechado e os dados não são migrados. Qual a orientação correta?

Orientar o Especialista a reabrir o bimestre e solicitar que o docente feche novamente o bimestre no DED para atualização dos dados no SIMADE.


Doc. SIMADE já estão oficializados?

- Ata de resultado final

- Ficha individual

Os inspetores só aceitam se houver orientação por escrito.

Todos os documentos do SIMADE são oficiais desde a publicação da Resolução 1.180/2008 de 28/08/2008 que “estabelece as diretrizes e dá orientações para implantação, manutenção e atualização de dados no Sistema Mineiro de Administração Escolar – SIMADE”.

A validade/temporalidade dos documentos eletrônicos serão tratados em resolução/instrução a parte pela SI e SB.


Lançamento de frequência X aluno amparado pelo Decreto 1.044. Como fazer no diário digital?

Atestado médico é uma justificativa legal para a ausência (que pode, por exemplo, ser reaplicado pelo professor uma atividade avaliativa que o aluno perdeu ao se ausentar em determinado período).  O DED registra apenas se o aluno está presente ou não. Em caso de atestado médico, o aluno não está presente em sala de aula, assim deve ser registrado sua ausência. 

O atestado pode ser registrado no SIMADE Menu Aluno>Enturmação (campo Det.) ou pelo menu Matrícula > Amparo(s) Legal(is).


 As aulas previstas e aulas dadas devem ser lançadas apenas pelos ATBs diretamente no SIMADE?

Apenas as aulas previstas devem ser informadas pela Secretaria da escola no SIMADE. As aulas ministradas são somadas automaticamente pelo DED e migradas para o SIMADE no momento do fechamento do bimestre.


O Tempo Integral Ensino Médio vai utilizar o DG? Como vai acontecer no SIMADE?

Como já orientado em outras oportunidades e no Hotsite: O Diário Escolar Digital não será utilizado, neste momento, para o registro de frequência e aproveitamento para as turmas de Sala de Recurso, Educação Integral, EJA Semipresencial (CESEC), turma do Projeto de Elevação da Escolaridade Metodologia Telessala Minas Gerais e turmas do Ensino Médio Integral Integrado (parte flexível). Esses registros deverão ser efetuados no Diário Físico.


Como fica a situação dos alunos que devem Progressão que foram para Telessala?

Como já orientado na videoconferência realizada no dia 08/05/2017, os alunos deverão utilizar o aproveitamento do respectivo componente curricular vivenciado no Projeto Telessala para sanar sua pendência de Progressão Parcial. A matrícula de Progressão Parcial deve ser criada e encerrada (após vivência do componente curricular no Projeto) no SIMADE.


Sociólogo da Prefeitura pode ter senha do SIMADE como leitor para ter acesso à frequência dos alunos para fins de bolsa família?

Apenas servidores ativos e lotados na Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais podem ter acesso ao SIMADE.


Objetivamente, há alguma previsão de nos aparelhar com relatórios essenciais para acompanharmos os problemas com SIMADE das escolas como Programa Pedagógicos em uso, turmas e alunos com algum problema, estrutura física, etc. nos moldes do antigo BI?

Está sendo desenvolvida pela PRODEMGE uma nova ferramenta de B.I. para uso das SREs. Repassaremos novas informações em breve.


Em relação a importância e ao cumprimento do que é definido no Plano de Atendimento, por que as turmas com número reduzido de alunos previstas e autorizadas pelo Plano de Atendimento, não têm a autorização automática como as demais turmas, tendo em vista que é informado o número de turmas e alunos. Isso nos dificulta, pois, ocorrendo esse bloqueio a escola fica impedida de designar professor e consequentemente a trabalhar de acordo com o planejado. Essa ação produz um sentimento descrédito do Plano de Atendimento. É possível permitir, como em outros anos essa autorização pela SRE, desde que esteja de acordo com o Plano de Atendimento?

Esta Secretaria está estudando uma melhor forma de atualizar o Sistema para criação de turmas pelas escolas seguindo os dados informados no Sistema Enturmação Online.


Gostaria de entender como funcionou a inserção de turmas de EJA, Normal e Educação Profissional autorizadas para o 2º semestre/2017 no Sistema, pois os erros de criação persistiram por algum tempo e quando entrávamos em contato com a equipe SIMADE não era resolvido e nos mandavam para as áreas que também não resolviam.

As respectivas áreas (EJA, Normal e Ed. Profissional) informaram quais turmas seriam acrescentadas no SIMADE. A orientação dessa equipe para procurar as áreas gestoras era para certificar que o quantitativo de turmas fosse inserido conforme controle das áreas, uma vez que, a autorização de novas de turmas não é de competência da Equipe SIMADE.


Curso Normal - Infantil 2º semestre – Qual a ordem no Histórico Escolar das disciplinas do curso? O que consta no passo a passo do SIMADE, as disciplinas são diferentes.

Já existe um chamado, nº 0120040, aberto junto à PRODEMGE para inserção do novo modelo de Histórico para atender a matriz curricular, a partir de 2017, do curso Normal/Magistério Educação Infantil. Para encerrar as turmas, que estão usando a nova matriz curricular, preencher a ordem de impressão 1, 2, 3... Para os componentes curriculares vivenciados no 1º módulo. Após a implementação do documento no SIMADE, a escola deverá informar a ordem correta para cada componente curricular, que será informado posteriormente. 


Em situação de greve como lançar no SIMADE e Diário Digital?

No SIMADE deverá ser registrado a reposição no menu Servidor -> Associar Docente.

No Diário, somente deve ser registrado o Dia da reposição, identificando no campo ‘Conteúdo Lecionado’ Reposição referente ao dia XX/XX: conteúdo trabalhado


Sisap – Quando os dados são migrados para o SIMADE?

 Quando ocorre a taxação


Reposição de greve – Deve ser alterado o período letivo no SIMADE? No DED – O professor não consegue lançar frequência depois do período letivo informado.

O Diário está configurado para obedecer as datas do período letivo. Caso seja necessário estender o término do período letivo da escola para que sejam realizadas as reposições de greve e paralisações, o término do período letivo no SIMADE deve ser alterado também. O que não muda é o número de dias e semanas letivas.


DED – Transferência de alunos. As notas dos bimestres anteriores serão lançadas no Diário ou no SIMADE?

No SIMADE.


Foi detectado no PGM tipo pertence – Magistério na Literatura, como Integrado ao currículo e o correto é Parte Diversificada. Para corrigir está pedindo para copiar o PGM. Estamos temerosos em fazer essa ação e prejudicar o DED. Outra ação é a área de conhecimento da língua estrangeira no pacote componente, temos como alterar sem prejudicar o DED?

A alteração deve ser realizada criando uma cópia do programa pedagógico e fazendo os ajustes necessários. Observar a instrução encaminhado aos Sedines no arquivo “Release 1.1.18 – Diário Escolar Digital”.


Após orientação de troca do Programa Pedagógico, foi passado para a escola que fez o ajuste necessário, porém perderam os lançamentos no DED. A recuperação dos lançamentos no DED segue o mesmo tempo de migração para o SIMADE?

Observar a instrução encaminhado aos Sedines no arquivo “Release 1.1.18 – Diário Escolar Digital”.


Turma EJA 2º semestre: As turmas autorizadas pela SOE e informadas pelo SIMADE que poderiam ser criadas no SIMADE para o 2º semestre – No momento de cadastrar as turmas as escolas não conseguiram juntamente com a equipe da SOE, verificamos que as mesmas estavam na enturmação online no turno da manhã, mas as mesmas foram autorizadas para o turno da noite.

A escola pode solicitar a troca de turno da turma. Para isso é necessário fazer o cadastro da turma, solicitar a alteração da troca de turno que deve ser aprovada pela SRE perfil DIRE. Somente após a troca do turno deverá ocorrer a enturmação dos alunos e solicitação de aprovação da turma.


Alteração de programas pedagógicos. O que estava implicando em perda no diário digital era a troca de pacotes. No entanto, foi bloqueada a alteração do programa pedagógico. Muitas escolas estão com programas incorretos, mas que não necessitam de trocas de pacotes. Ex: - base nacional ao invés de parte diversificada – programa de EJA faltando disciplina conteúdos interdisciplinares – carga horária de disciplina incorreta – participa do cálculo do resultado final desmarcado/marcado indevidamente e etc. Sendo assim, não seria menos dificultador bloquear a troca de pacote associado ao invés de bloquear a alteração do programa? Há escolas que estão criando agora seus programas de curso técnico, EJA, magistério e por um descuido cometem algum erro. A escola tem que copiar o programa para conseguir alterá-lo e ainda trocar na turma. Todo este processo tem sido extremamente trabalhoso. Além de que as escolas estão aumentando o número de programas incorretos (nunca utilizados) que o SIMADE não permite excluir.

A alteração nos programas foi implementada através da cópia para que se resguardasse a configuração original do programa pedagógico, uma vez que algumas escolas estão utilizando programas de anos anteriores. Caso fosse permitida a alteração, as turmas que utilizaram esse programa em anos anteriores sofreriam impactos em algum momento no Sistema.


Estamos com muitos casos de alunos que tiveram ordem judicial com idade inferior a 18 anos e o SIMADE não contempla essa situação.

A funcionalidade para justificativa de matrícula na EJA para alunos com idade inferior aos parâmetros previstos na legislação está em desenvolvimento e sendo tratando no chamado nº 0118520, aberto na Prodemge.


Comentar sobre a questão da visualização pelo docente dos alunos que entram depois no SIMADE e no diário eletrônico, quando transferido de outra escola estadual.

A funcionalidade para tratar a visualização do aluno que entrou após o cadastro da atividade no Diário ou que foi enturmado após o início do período letivo por transferência ou remanejamento está em tratamento no chamado nº 0118984.


O aluno que é matriculado no SIMADE segundo Parecer CEE 388/2003, como fica sua situação para lançamentos no DED?

Lançamentos no Diário: A partir da data da matrícula realizar os lançamentos do aluno.

Lançamentos no SIMADE: Para os bimestres anteriores a data da matrícula, será habilitada a funcionalidade “SL” no menu avaliação e frequência de cada componente curricular que deve ser marcada pela secretaria da escola.

Ex: aluno entrou em agosto/2017; 1º e 2º bimestres fechados no Diário. No SIMADE, a escola marca SL para todas as disciplinas desses bimestres. A partir de agosto de 2017, o professor fará os lançamentos no Diário para os 3º e 4º bimestres, considerando o valor da divisão normalmente. Ao encerrar o período letivo pelo menu encerramento no SIMADE, o Sistema validará as regras correspondentes.


Alunos dos anos iniciais reprovados por frequência: no histórico consta situação do aluno “aprovado” e na ficha individual “reprovado por frequência”. Sabemos que é progressão continuada, porém há casos que a infrequência não foi resolvida, e todas as medidas, comunicações, conselho tutelar foram efetuadas. É uma exceção, mas ocorre.

Conforme previsto na Resolução 2197/12, nos anos iniciais do Ensino Fundamental o ciclo é continuado não sendo prevista reprovação do 1º ao 5º ano. 

O caso do aluno que apresentou erro na situação final nos documentos gerados após encerramento (ficha individual, ata do resultado final e histórico escolar), assim que desbloqueada a funcionalidade correção de encerramento no SIMADE a escola deverá remover o encerramento e encerrar novamente a fim de atualizar os documentos. Esse aluno será aprovado em todos os documentos.

A escola que reprovou o aluno indevidamente em 2016 e fez matrícula na mesma etapa em 2017, deverá levar o caso ao serviço de inspeção escolar para regularização da vida escolar desse aluno do Ensino Fundamental Anos Iniciais/EJA (continuidade). Após solução fazer a matrícula na etapa correta antes do encerramento do período letivo 2017.

A condição para matrícula de 2017 após a correção de 2016 será na etapa posterior, pois não existe previsão de reprovação para alunos dos anos iniciais/EJA Ensino Fundamental conforme normas da SEE em vigor. No SIMADE só é permitido um registro de aprovação em cada etapa. 


Matrículas erradas – O sistema SIMADE não permite excluir. Não é correto encerrar matrícula de aluno feita erradamente. Ex: matrícula N. Mag. Ed. Infantil feita equivocadamente em N. Mag. Anos Iniciais. / EJA em etapa errada, etc.

Enquanto o período letivo estiver ativo e o aluno estiver desenturmado em todos os atendimentos (turma de escolarização e projetos), o Sistema permite excluir a matrícula.


Lançamentos em Turmas Multi – Qual a orientação correta? O professor lança, fecha bimestre e só aparece em 1 ano/série. Para que apareça nos demais ano/série da turma multi ele precisa lançar mais de uma vez em disciplina. É trabalhoso.

Está aberto um chamado na Prodemge sob o nº 0119294, cuja correção tratará a visualização dos alunos de cada etapa prevista na turma multi (especificidade ou cicladas) para os lançamentos no Diário.

Enquanto essa implementação não estiver disponível em produção, o professor continua fazendo os lançamentos possíveis no Diário e ao fechar o bimestre, o ATB complementa os consolidados que não migraram para o SIMADE (avaliação e frequência).


Sugerimos que os pacotes componentes sejam atrelados do nível/modalidade de ensino evitando que a escola associe pacote componente configurado p/anos iniciais do EF. em etapa dos anos finais, ou Ensino Médio.

Ao criar o PGM só seja disponibilizado os pacotes daquele nível de ensino;

Possibilidade de excluir pacotes oriundos que nunca foram utilizados;

Sugerimos que a DAPE crie uma coordenação de atendimento do SIMADE e Diário para as regionais assim como já funciona na DINE. Cada grupo da SRE ser atendido por um servidor da DAPE. Atualmente não temos uma referência na DAPE, o que prejudica a comunicação. Muitas vezes falamos com 3 servidores para resolvermos um problema. Os e-mails encaminhados demoram a ser respondidos, extrapolando muitas vezes o prazo para execução da funcionalidade que a SRE questionou;

Quando será resolvido o erro de carga horária das turmas de curso normal que ofertarem o plano de estudos previsto na legislação para alunos que não viram determinadas disciplinas da base nacional comum, a parte diversificada do Ensino Médio. A carga horária deve constar no histórico, uma vez que o diploma só tem validade com a apresentação do histórico escolar do Ensino Médio.

Agradecemos as sugestões. Quanto ao questionamento do Curso Normal, informamos: No SIMADE a escola pode configurar o programa pedagógico com as disciplinas do curso normal e as disciplinas do Ensino Médio quando na turma constar alunos que estão fazendo plano de estudos para atender a legislação do Ensino Médio. O parâmetro para gravar o programa pedagógico foi alterado para permitir gravar a turma com carga horária superior ao previsto no módulo do Curso Normal. Para esse caso, no menu enturmação a escola deverá marcar para os alunos que já cursaram o componente do Ensino Médio – campo DET – Detalhes, selecionar a disciplina e marcar  “Já cursou”. 

Exemplo: Filosofia e Sociologia.


 Aluno com TDH será possível utilizar a flexibilização de tempo no final do 5º ano?

Desde que haja marcação de alguma deficiência no cadastro do aluno atestada por profissional ou declarada pelos pais/responsáveis.

Somente a TDH não possibilita flexibilização.

 

O aluno com progressão e que não conseguiu cumprir essa progressão de jeito nenhum, como fica o encerramento dele, e o SIMADE aceita avançar por ex: 7º ano deve progressão 6º, vai para o 8º sem cumprir as progressões do 6º?

A matrícula de progressão parcial só pode ser resolvida dentro do ano administrativo vigente posterior a sua reprovação. Para alunos com registros de progressão parcial pendentes no SIMADE, de anos anteriores a 2016, a escola faz o registro no ano atual e informa a média obtida selecionando o histórico correspondente para atualização durante o encerramento da mesma.

As regras do SIMADE para solução da progressão parcial dentro do ano administrativo em curso estão previstas no Ofício Circular nº 211/2014 da SB, ofício esse que regulamenta a Resolução SEE nº 2197/12.


Curso Normal: As escolas que já ofertavam o 1º módulo de turmas do normal, quando foram criar a turma para o 2º módulo não foi possível, pois o SIMADE fez o bloqueio informando que a escola não estava autorizada para ofertar a modalidade, mesmo a escola já oferecendo a modalidade no 1º semestre.

A condição para oferta de cursos turmas iniciantes é ser autorizada pela Diretoria de Educação Profissional da SEE, em lista encaminhada à DAPE pela mesma e estar habilitada no Sistema Cadastro para oferta da modalidade de ensino.

Para cadastro de turmas, é necessário que essas estejam previstas no plano de atendimento e disponíveis no menu Enturmação Online. Em caso de ajuste de quantidade de turmas em continuidade deve ser observado o cronograma da SI.


Quando se faz correção de encerramento a ficha não é atualizada.

Os documentos finais (ficha individual, ata do resultado final e historio escolar) são atualizados após o encerramento do período letivo ou correção de encerramento. Não identificamos nenhuma irregularidade na versão do SIMADE disponível em produção.

Caso a escola reporte incoerência entre esses três documentos gerados a partir de anos anteriores a 2017, recomendamos remover o encerramento e encerrar novamente o aluno para a atualização de todos os documentos assim que o módulo estiver desbloqueado em produção.


Algumas escolas questionam a carga horária da disciplina Literatura não ser configurada como individual, sendo necessário que no histórico a mesma seja identificada.

A resposta a esse questionamento não pode ser formulada devido a falta de informação quanto ao Tipo de Ensino ou etapa a que se refere esta dúvida.


Qual o procedimento para troca de turno, uma vez que os alunos já estão enturmados em virtude do Diário Escolar Digital?

 A troca de turno deve ser realizada IMEDIATAMENTE antes da enturmação dos alunos, ou seja, antes do início das aulas.


Para o caso relatado, solicitamos o envio de todas as informações pertinentes a essa turma para análise da SIE.


Gostaria de saber sobre a renovação de matrículas, prevista na Resolução do cadastro para outubro, se tem alguma ação prevista no sistema, uma vez que a matrícula só é renovada após o encerramento do período letivo.

Conforme pontuado pela Sra. Mara Rodrigues, Subsecretária de Informações e Tecnologias Educacionais, no encontro do Censo em Betim, devemos aguardar as definições conjuntas da SB e SI.


Fechamento do 2º bimestre e migração para o SIMADE com boletim com soma somente do 1º bimestre.

A versão em produção corrigiu o erro mas é importante lembrar que a escola deve preencher o campo ‘Aula Previstas’ no menu avaliação e frequência.


Quando o professor fecha o bimestre, o parecer sobre o desempenho do aluno não fica disponível para consulta nem do professor, nem do especialista. Esta situação será modificada?

O parecer descritivo será disponibilizado por meio de relatório no Diário Escolar Digital, conforme apresentado no Encontro do Censo em Betim.


Orientação quanto ao remanejamento de alunos. O SIMADE não está permitindo “retornar” o aluno em uma turma na qual ele já foi enturmado anteriormente. Nesse caso considere que o aluno está desenturmado e queremos enturmá-los novamente. Reabrir o diário no SIMADE não podemos, pois perdemos informações de demais alunos inativos.

Na versão do SIMADE em produção não foi identificado o problema reportado. Em testes, fizemos todos os movimentos previstos para remanejamento e a situação não apresentou erro ou impedimento.